Aos domingos e feriados intervalos entre os trens são maiores, reclamam usuários

Por Carolina Piai

domingo

No fim de tarde do penúltimo domingo, 26, o intervalo entre os trens da Linha 9 Esmeralda da CPTM foi de 25 minutos. Os vagões vinham muito mais cheios do que costumam estar nos domingos e feriados. Os veículos, que transportam uma média de 235.427 passageiros por dia, costumam ter complicações nesses dias: constantemente os intervalos ultrapassam 10 minutos e um trem para no meio do trajeto por motivos técnicos.

A linha, que percorre a Marginal Pinheiros, tem intervalos de 3,5 à 7 minutos durante a semana, de acordo com o site da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos). Já nos finais de semana, afirma-se que variam entre 7 e 10 minutos.  Perto da meia noite, os intervalos são maiores, chegando aos 20 minutos aos sábados.

“Aos domingos e principalmente nos feriados os intervalos são muito maiores. De 25 minutos eu nunca tinha visto, mas é sempre mais de 15”, lamenta Monalisa  Martins, 24 anos. Monalisa trabalha em uma loja no Shopping JK Iguatemi: “A maioria das pessoas estão saindo para lazer, mas a gente que trabalha tem que sair mais cedo de casa. Prejudica muito, de qualquer forma a gente tem horário. E bastante gente trabalha aos domingos e feriados”. A vendedora costuma gastar 40 minutos no trajeto de sua casa ao trabalho, aos domingos e feriados afirma que esse tempo se estende à uma hora e meia. Cerca de 20 minutos se passam durante o percurso que faz no trem nos dias da semana.

A CPTM não se pronunciou ao ser procurada a respeito do grande intervalo no último domingo. Em seu site, também não é encontrada qualquer justificativa quanto ao atraso.  Nathalia Ferrentini, 19 anos, costuma utilizar os trens da Linha 9 aos domingos para lazer: “Você conta com a rapidez do trem para chegar no seu compromisso a tempo. Mas, com a lentidão, mesmo que você saia adiantado, acaba se atrasando”. A estudante se refere também ao tempo maior que os trens ficam parados nas estações, pois mesmo que o intervalo entre eles não esteja tão longo, gastam muito tempo parados.

O metrô, por sua vez, tem uma média de intervalos de 2 minutos de segunda a sábado e de 3 à 5 minutos aos domingos e feriados. Falta, portanto, melhor estrutura para a linha ferroviária paulistana. Enquanto ela não chega, Monalisa se queixa: “Tem  que esperar. Demora!”

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s